Grande jogo de Vítor do Grêmio contra o Corinthians neste sábado. Além de defender um pênalti  em momento decisivo da partida, fez três importantes defesas no jogo e os gaúchos saíram com a vitória por 1 x 0. Uma dessas defesas foi uma aula de técnica para saída em cruzamento no alto. A bola veio de sua direita muito alta, ele saiu, saltou, trocou de mão lá em cima e jogou conscientemente para trás pela linha de fundo, sem deixar sobra para um possível arremate com o gol vazio. Depois defendeu bola fácil em sua esquerda baixa e aos 8 do segundo tempo foi bem com as duas mãos, jogando longe um tiro cruzado, daqueles que vão fazendo curva para dentro do gol e manteve o zero no placar para seu time. Aos 11mim do segundo tempo quase estragou tudo com uma saída desastrosa lá no meio da área, mas, por sorte, não resultou em nada. Júlio César do Corinthians fez a melhor defesa do jogo. Melhor até que o pênalti defendido por Vítor. Tiro de fora da área, entre vários jogadores, direcionado para o canto esquerdo rasteiro de JC. Ele se esticou todo e tocou para escanteio com uma mão só. No gol nada pode fazer. Golaço de Douglas contra seu ex-time.

Nos gols dos jogos de domingo nada digno de nota em relação a falhas dos goleiros. Golaços indefensáveis foram feitos contra Marcelo Lomba e Renan do Avaí. Roger do Cruzeiro deu uma aula de como se cobrar pênalti contra Renan jogando lá na direita alta em tiro impossível de chegar. Aliás, Renan deu muito azar marcando gol contra, quando a bola bateu na trave e voltou no seu ombro esquerdo. Pura fatalidade no segundo gol que marcou a derrota de seu Avaí diante da Raposa de Fábio.

Pizza de salaminho apimentado da Dom Camaleone em Vila Velha-ES com chopp bem gelado

Rogério Ceni completou 20 anos de São Paulo com uma defesa incrível na linha do gol em cabeçada do ataque flamenguista no fim do jogo de quarta. Fábio fez uma defesa dificílima no canto direito de seu gol em chute de fora da área, porém com três zagueiros passando na frente dele antes de a bola chegar, e assim garantiu a vitória do Cruzeiro por 1 x 0 diante do Inter de Renan. O goleiro do Inter  nada pode fazer no toque de primeira do atacante cruzeirense. Rafael do Santos também teve que engolir o chapéu de “Loco Abreu” . O uruguaio do Botafogo fez o inesperado e Rafael não tinha outra coisa a fazer a não ser sair como saiu. Marcelo Lomba do Flamengo jogou muito contra o São Paulo . O flamenguista fez mais duas defesas sensacionais em lances dentro da área que continuam fazendo dele o destaque entre os goleiros do Rio a lado de Prass do Vasco. FH tomou um golzinho daqueles diante do Ceará no 3 x 1 do seu Flu. Ai, ai, ai... Campeão precisa de goleiro. Tá certo, o Inter ganhou a Libertadores com o Renan falhando um monte, dias atrás, mas em um Campeonato onde a regularidade é o que conta, a coisa complica mais.

Falando de goleiro próximo aos 40 anos de idade, como Rogério Ceni (37),  este ano  temos vários deles ainda em ação. Segundo a revista Placar deste mês, Van der Sar (39) renovou com o Manchester até 2011; Keller (40), que jogou 4 Copas pelo EUA, atua este ano pelo Seattle Sounders; Boschker (39), reserva de Stekelenburg na Copa de 2010, ganhou o holandês deste ano com o surpreendente Twente; o inglês David James (40), titular na Copa 2010 pela Inglaterra continua em ação pelo Bristol City; e Sérgio Bernal (40) já ultrapassou 500 jogos pelo  Pumas do México.  Aos  que não gostam do sãopaulino... Atentem, pois podem ter que aturá-lo por mais uns três anos.

Bolinho de carne do Vipão da Ferreira de Araújo – massa fina e carne soltinha sem gordura

E agora o Fernando Henrique fez valer as minhas críticas. Dois gols contra o Guarani, que um goleiro de time líder não pode levar. O primeiro em falta cobrada de perto, mas com muita gente na barreira. Aconteceu o óbvio. Com todo aquela gente na barreira encobrindo a visão do FH, foi só tocar por cima devagarinho, que a bola foi para o fundo do gol. O segundo  gol um frangaço. Um tiro de muuuuuuito longe. Entrou lá no canto esquerdo.  A bola até pingou mais de uma vez no chão. Frangaço que pode ter tirado o título de campeão do primeiro turno do Flu.

No Pacaembu uma loucura o que aconteceu com o Palmeiras. Tomou uma virada do Cruzeiro após a saída de Marcos, mais uma vez machucado. Quando se olha sem atenção os gols que Deola tomou, a gente acha que foram gols indefensáveis mesmo. Porém, um olhar mais cuidadoso, mostra que no tiro de Roger, um goleiro como o Marcos não cairia feito louco para o canto, sendo que a bola claramente ia para fora. Quando desviada no meio do caminho já não havia mais tempo mesmo de voltar para fazer a defesa. Mas a falha está lá no chute do Roger. Onde o Deola se joga numa bola que não ia passar nem perto de sua trave esquerda. No segundo gol Deola sai muito tarde. Deixando fácil o toque para o empate. Marcos fez muita falta nessa recuperação do Cruzeiro diante do verdão.

Santos e Flamengo ficaram no zero a zero graças a grande atuação de Lomba mais uma vez. O cara fez outra defesa dupla em tiros de dentro da área que salvaram o Flamengo.

Nos jogos internacionais dois dos melhores goleiros da Europa falharam feio na hora de jogarem com os pés. Eduardo de Portugal diante da Noruega dominou a bola, olhou para onde ia chutar, deu mais um toquinho e o atacante norueguês chegou voando nele. O chutão saiu em cima do cara e a bola sobrou para o meia concluir pela direita com o gol vazio. E em amistoso em Buenos Aires, a Argentina massacrou a campeã do Mundo metendo um 4 x 1. A grande falha aconteceu no terceiro gol. Reina escorregou ao dominar a bola com o pé, não levantou com agilidade, e ainda foi com os pés para uma dividida com Tevez. O terceiro gol argentino liquidou a fatura.

Super pastel de queijo da feira de Campo Grande-MS

E o Fernando Henrique tapou minha boca ontem. Cinco belas defesas diante do Palmeiras garantiram o empate do líder do campeonato brasileiro. Marcos não fez por menos e defendeu três bolas difíceis. Uma delas em defesas consecutivas. Tá certo que não valia mais, pois o juiz havia marcado irregularidade no lance anterior, mas a defesa que ele fez no segundo chute do Conca foi sensacional. Estava deitado e voou do chão mesmo para espalmar uma paulada do Conca de dentro da pequena área. E a outra foi aos 45 min do segundo tempo em lance que mataria o jogo para o Flu.

Marcelo Lomba também arrasou contra o Cruzeiro. Cinco defesas incríveis sendo uma delas, assim como Marcos do Palmeiras, em lance de chute duplo à queima-roupa. Um jogaço do Lomba. Fábio também não ficou atrás e fez três defesaças. Uma delas em bomba cruzada de sua direita e as outras duas em tiros de cobertura de longe. Tiros traiçoeiros como aquele de Ronaldinho contra a Inglaterra em 2002, que Seaman não espalmou. Fábio foi muito bem nas duas bolas em lances parecidos, vindo um de cada lado, e garantiu a vitória da Raposa contra o Fla.

Pastel especial e Brahma Gelaaaaaaaaada

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, CARAGUATATUBA, JARDIM CAPRICORNIO, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo
Visitante número: